sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Evangelizando crianças de 7 a 10 anos com atividades e brincadeiras (parte 3)

Mais uma vez escrevemos sobre o tema "Evangelizando crianças de 7 a 10 anos com atividades e brincadeiras". Todas atividades aqui propostas foram criadas e/ou adaptadas pelo nosso Ministério e já foram aplicadas com ótimos resultados. Trata-se de uma série de atividades para auxiliar professores e líderes de juniores na evangelização e na socialização de crianças e podem ser adaptadas à realidade da classe de Escola Dominical, visto que cada lugar possui crianças e dependências com características diferentes. Antes de começar a aplicar qualquer atividade, é preciso que o professor de juniores conheça bem como pensam, como reagem e os interesses das crianças de sete a dez anos da sua localidade, para só então promover eventos, atividades e brincadeiras que possam atrair a atenção de seus alunos.
Estas atividade podem ser feitas fora da sala de aula. Um encontro mensal (ou semanal), fora do ambiente da sala de aula, ajuda a melhorar o relacionamento entre os alunos e desperta o interesse pelas aulas. Nesta faixa etária, uma gincana bem organizada cativa o grupo e dá ótimos resultados na aprendizagem.
Vejamos agora algumas atividades que podem ajudar na evangelização e edificação de nossas crianças.
Lembre-se: "É mais fácil construir um criança do que remendar um adulto".

Continuação...


6. CAÇA AO TESOURO BÍBLICO
Contação de histórias com pistas por etapas.

Objetivo: Conseguir a atenção e a interação das crianças durante a contação da história.

Material:
  • Papel (pistas)
  • Vassoura
  • Papelão
  • TNT
  • Tesoura
  • Fita adesiva
  • Caneta Hidrocor
Como fazer:
Faça um Mural com um cenário de acordo com sua Lição Bíblica. Pegue uma vassoura, com as piaçabas para cima. Coloque uma face (com olhos, nariz, boca e barba) desenhada em uma folha de papelão redonda. A piaçaba será o cabelo. Você pode amarrar um pedaço de TNT para fazer um lenço tipo árabe sobre a cabeça, colocar roupas (de TNT ou papel) abaixo da cabeça. Recoste a vassoura na frente do mural e comece a contar sua história.
Escolha na sua lição bíblica pontos importantes que levem seu aluno a refletir sobre a história, inserindo o Plano de Salvação. Cada ponto importante da história será previamente escolhido. A primeira letra da palavra ou a própria palavra servirá de dica para dizer onde a pista está escondida. Por exemplo, na história de Daniel. Ao contar a história e for falar que da janela os espiões viram Daniel orando, basta acrescentar que “JANELA” é a Palavra Chave. As crianças deverão correr e procurar próximo ou na janela alguma pista (papel dobrado com um versículo que fale sobre oração). Quem achar, lê o versículo e ganha um ponto e o professor dá uma pausa para explicar a importância da oração.
Faça umas placas com as palavras chaves escritas em letras grandes e após cada pista que for revelada, coloque a placa da palavra chave correspondente sobre o mural. O cenário pode ser completado com objetos ou paisagens de acordo com as partes da história.
Durante toda a história as crianças ficarão atentas a cada detalhe procurando saber qual será a próxima “palavra chave”. Quem juntar mais pontos ganha um brinde no final da lição.
 
Lembre-se de inserir os pontos do plano da salvação no meio da história:
Deus é amor e criou todas as coisas. Ele fez o homem para sua glória e o ama muito;
Gn 1.1; Jo 3.16, 17;
O Homem pecou e o pecado o afastou de Deus;
Rm 3:23; 6.23
Deus enviou Jesus para salvar o homem e a você também;
1 Co 15:3-4; 1 Jo 1:7;
É preciso confessar o pecado e receber Jesus como seu salvador para tornar-se filho de Deus;
I Jo 1.9; Jo 1.12; Sl 51:7b; At 2.21 e 38; 3.19
Agora que já recebeu Jesus, você é salvo para viver uma nova vida (eterna com Deus).
Jo 3.36; 2 Pe 3.18; Atos 2.42

 Ao contar a história vá acrescentando os detalhes, pistas e reflexões para cada um dos pontos importantes e o Plano da Salvação. No final o Mural estará completo e o professor deve fazer um apelo e uma oração de dedicação de vidas para Deus.

7. CRENTE CARNAL, CRENTE ESPIRITUAL.

Esta atividade é bem parecida com a brincadeira conhecida como Detetive. Basta trocar os nomes. O Detetive passa a ser o Cristão Espiritual, o assassino passa a se chamar Acusador. As vítimas serão os Cristãos Carnais.

Objetivo:
Fazer com que a criança queira crescer espiritualmente e aprenda a fugir da tentação. Para que ela não queira ser apenas um cristão carnal, mas procure crescer na graça e no conhecimento de Deus.

Material:
  • Pequenos pedaços de papel
  • Caneta
Como fazer:
Antes da brincadeira, em pequenos pedaços de papel, escreva os nomes dos personagens. Apenas um Cristão Espiritual, um Acusador e o restante será Cristão Carnal. Separe um papel para cada criança. Dobre e misture. Cada criança pega um. Forma-se uma roda. Todos ficam se entreolhando. A criança que pegou o papel com o personagem Acusador deve olhar para a criança que for o Cristão Carnal piscando para ela. Quando aquele que for um Cristão Carnal receber a piscadela tem que dizer: “Caí”. O papel do Cristão Espiritual é flagrar o Acusador bem na hora em que ele pisca. Quando descobre, ele grita: “Está repreendido!”. A brincadeira acaba quando o Acusador é revelado e aí é só recomeçar.
Ninguém deve revelar qual é o seu personagem, até que o Cristão Espiritual revele o Acusador.

“Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Porque quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo. E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo.” (1 Co 2.15,16; 3.1).

Bibliografia:
Bíblia de Recursos para o Ministério com Crianças – São Paulo: APEC e HAGNOS
CRUZ, Elaine. Amor e Disciplina para Criar Filhos Felizes – Rio de Janeiro: CPAD
COSTA, Débora Ferreira da. Evangelização e Discipulado Infantil. Rio de Janeiro: CPAD
Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal, Rio de Janeiro: CPAD

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por deixar o seu comentário!

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails